conteúdo do menu
conteúdo principal

NOTÍCIAS

17/02/2020

Violência contra a mulher é tema de encontro entre a rede de proteção

Caso de feminicídio em janeiro motivou a reunião entre os órgãos de segurança, educação, saúde, assistência social e políticos.

COMPARTILHAR NOTÍCIA

A Câmara Municipal de Vereadores de Nova Petrópolis recebeu a rede de proteção à mulher para uma reunião na quinta-feira, 13 de fevereiro. Delegacia de Polícia, Brigada Militar, Caps, Cras, Secretaria de Educação, Secretaria de Saúde e Assistência Social, OAB subseção Nova Petrópolis, Departamento da Mulher da Acinp, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Consepro, equipe ecumênica e vereadores estiveram presentes.

O delegado Camilo Pereira iniciou a conversa ao trazer dados relacionados às medidas protetivas encaminhadas no Município. “Em 2018 foram 58 e em 2019 foram encaminhadas 65”, explicou. No entanto, os números de denúncias são maiores. No ano de 2018 houve 95 registros de violência contra a mulher na delegacia, número que se equipara ao ano de 2019. Em 2020, ao todo, já foram emitidas 13 medidas protetivas. Pereira disse que as ocorrências Maria da Penha são tratadas com prioridade na delegacia. Além disso, o delegado afirmou que as medidas protetivas são eficientes na maioria dos casos, mas que nem sempre é possível ter controle sobre tudo. “O que queremos melhorar é o acolhimento das mulheres. Não temos uma sala para isso, a Sala das Margaridas, mas seria importante.” A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Nova Petrópolis Áurea Born afirmou que a OAB também é responsável por auxiliar na rede de proteção. Além disso, pode arrecadar fundos para a construção de uma sala de acolhimento. “A OAB tem um caráter assistencial, não cuidamos só dos advogados.” A advogada e presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB subseção Nova Petrópolis Morgana Castro explicou que é importante prestar atenção aos homens que praticam a violência. “Só vamos mudar quando conseguirmos trazer os homens para o diálogo, os agressores. Se tivéssemos um acompanhamento psicológico com os agressores, poderíamos evitar desfechos trágicos.”

Ao longo do encontro discutiu-se também o papel da escola com relação ao machismo. O secretário de educação Ricardo Lawrenz disse que “estamos em permanente formação, podemos trazer palestrantes, mas tratar a questão do machismo é uma questão comportamental e de valores.” Ele sugeriu que um representante por escola fosse convidado a participar dos encontros da rede de proteção, bem como representantes de grupos de terceira idade, agentes de saúde e conselho tutelar. A Brigada Militar, representada pelo tenente Gil Anderson Novakoski, tem papel fundamental na proteção das vítimas. Para 2020, Novakoski informou que será feita a patrulha Maria da Penha. “Temos uma policial formada para isso que irá atuar com outro policial. Aguardamos um novo curso para preparar mais pessoal.” A secretária de saúde e assistência social Cláudia Silvane Pires informou que o Caps e o Cras prestam auxílio às vítimas, mas que muitas não seguem com os processos por medo e vergonha. “As vezes nossos próprios servidores se sentem ameaçados quando tratam destas questões. Não temos apoio para chegar nas vítimas e nos agressores”. Ela sugeriu a formação de um fórum que se reúna com periodicidade para tratar sobre o assunto.

Por fim, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Nova Petrópolis João Paulo de Macedo Viana sugeriu união entre as escolas, igrejas e famílias para manter o assunto sempre em evidência. “As pessoas não vão esquecer do assunto, pois sempre estará sendo falado em algum lugar, e isso as fará pensar.”

 

Evento sobre O Dia Internacional da Mulher

No dia 7 de março o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, o Comdim, estará com uma programação especial na sociedade Canto Amizade de Vila Olinda. Às 9h30 será a abertura oficial e Às 10h haverá uma palestra com o tema “Seja a Mulher da sua Vida”, com a psicóloga Maristela Federhen. Ao meio-dia haverá almoço no valor de R$ 25,00. Ao longo do dia serão sorteados brindes e haverá um baile com o Musical Balance.

Ônibus serão colocados à disposição para o transporte das mulheres que quiserem participar. Todos terão saída às 8h.

- Ônibus da Prefeitura de Nova Petrópolis: saindo da Linha Araripe (divisa) passando por Linha Brasil, Linha Imperial, Centro de e Sociedade Alegria de Fazenda Pirajá.

- Ônibus da Prefeitura de Nova Petrópolis: saindo da Linha Brasil (igreja) passando por Linha Brasil Fundos, Linha Riachuelo, Linha Pirajá (sociedade), São José do Caí, Linha Temerária e Arroio Paixão.

- Ônibus da Prefeitura de Nova Petrópolis: saindo do Centro Social passando por Treze Colônias, Linha São Jacó e Polícia Rodoviária Federal.

- Ônibus da Prefeitura de Nova Petrópolis: saindo da entrada de Nove Colônias, Salão Schmitt, Linha Imperial e Centro.

Fonte: Câmara de Vereadores de Nova Petrópolis