Portal Destaque
conteúdo do menu
conteúdo principal

NOTÍCIAS

01/12/2020

Vereadores aprovam projeto que define o orçamento para 2021

O Conselho Municipal da Cidade Educadora de Nova Petrópolis participou da sessão em virtude dos 30 anos da organização. A cidade faz parte desde 2018.

COMPARTILHAR NOTÍCIA

Um importante projeto para o ano que vem foi aprovado na sessão ordinária do dia 30 de novembro. A Lei de Diretrizes Orçamentárias foi aprovada com abstenção de dois vereadores: Nei Ambélio Schneider e Rodrigo Santos. Os vereadores alegaram que acham baixo o valor destinado ao setor de agricultura do município. O valor é de 1.088.000,00. Para finalizar os projetos que preveem o orçamento de 2020 ainda passará pela Câmara de Vereadores a Lei Orçamentária Anual. O projeto deve chegar ao Legislativo Municipal ao longo da semana.

A sessão ordinária também foi marcada pela presença da diretoria do Conselho Municipal da Cidade Educadora. Ontem, 30 de novembro, a Associação Internacional das Cidades Educadoras completou 30 anos. Na Câmara de Vereadores, o presidente da entidade no município, Jonatas Luís Furstnow, realizou um breve balanço para os vereadores sobre as atividades do conselho no município. “Uma cidade educadora é uma cidade que prioriza o cuidado com suas crianças e jovens. Uma cidade que busca garantir qualidade de vida de todos os seus habitantes em um ambiente natural, equilibrado e sadio que todos tenham a oportunidade de desfrutar em condições de liberdade e igualdade os meios e oportunidades por ela oferecida.” Nova Petrópolis integra a associação desde 2018. As atividades do conselho acontecem dentro das escolas e trabalham temáticas específicas, como o lixo e meio ambiente, por exemplo. O obejtivo geral do conselho é assessorar a implantação de programas e projetos e acompanhar a sua realização como fator de desenvolvimento sustentável, social, econômico e ambiental. “É uma oprtunidade para conhecermos mais ainda o mundo que estamos. Agradecemos as escolas que toparam o desafio”, disse Jonatas.

 

Aprovação de proposições

A sessão ordinária também foi marcada pela aprovação de três pedidos de informações. O 027/2020 solicita saber as seguintes informações sobre a pavimentação na localidade de Nove Colônias: Foi feito levantamento da situação local, como taipas, muros, cercamentos, que orientassem o projeto? Foi feita a consulta prévia ao Departamento de Cultura e à equipe técnica de apoio ao Conselho Municipal de Políticas Públicas Culturais, por o trecho de asfaltamento ter um bem tombado municipal em seu percurso (Congregação da Paz -IELB)? Existe a situação de estreitamento da via em frente ao bem tombado. Como isso foi abordado no projeto? Foi considerado o excesso de velocidade dos veículos que ali transitam? Como isso será controlado quando o asfalto for concluído? Há alguma orientação específica da equipe técnica em relação à questão? O pedido foi encaminhado pelo vereador Rodrigo Santos.

O pedido de informações 028/2020 solicita que sejam informadas quais as áreas institucionais e verdes existentes no município, com a sua devida localização. O pedido foi encaminhado pela vereadora Kátia Regina Zummach. Já o pedido de informações 029/2020 solicita ifnormações sobre quais as ruas do Programa de Pavimentação Comunitária que já estão com sua lista da pavimentação em andamento e qual o percentual que foi atingido. É solicitado também que seja especificado o valor previsto para ser pago por contribuinte e pelo Executivo e quais as ruas que ainda não tem a lista em andamento? O pedido foi encaminhado pela vereadora Kátia Regina Zummach.

 

16 dias de ativismo contra a violência contra a mulher

A Câmara de Vereadores Nova Petrópolis apoia os 16 dias de ativismo pelo fim a violência contra a mulher. O movimento é proposto pela ONU e tem por objetivo dar  visibilidade às mulheres e meninas que enfrentaram a violência antes e durante a pandemia com o lançamento da campanha nacional “Onde Você Está que Não me Vê?”. Ao longo deste período, a ONU Brasil destacará o processo de invisibilização e violência que as mulheres e meninas têm enfrentado antes e durante a pandemia da COVID - 19.

 

Fonte: Câmara de Vereadores de Nova Petrópolis