conteúdo do menu
conteúdo principal

NOTÍCIAS

28/02/2020

Soluções para o problema do acesso ao loteamento Bratz são debatidas em sessão na Câmara

Moradores da comunidade expuseram os problemas e questionaram o Executivo sobre melhorias a curto prazo

COMPARTILHAR NOTÍCIA

 

A sessão ordinária do dia 27 de fevereiro foi marcada pela presença de moradores do loteamento Bratz, que participaram para escutar o secretário de planejamento, coordenação, trânsito e habitação Hermann Deppe. Ele falou sobre a situação do loteamento após o início das atividades da empresa Dakota próximo ao local, o que implicou no aumento do tráfego de veículos pesados na região. Por isso, um protesto foi feito no dia 15 de fevereiro, o que impediu que ônibus com trabalhadores da fábrica chegassem ao seu destino.

O argumento da comunidade local é que o bairro não está mais seguro por conta das carretas que circulam em vias pequenas, não adequadas para este tráfego. Os moradores também afirmam que o acesso ao loteamento não serve para veículos pesados por ser muito íngrime e ir diretamente ao encontro da BR-116, que tem alto movimento todos os dias. Deppe explicou que a solução para os próximos dias será deixar o acesso existente mais qualificado, com pavimentação. “Não vamos deixar de trabalhar nas outras alternativas, que seria o acesso pela avenida Germânia.” No entanto, o secretário lembra que esta solução será de médio a longo prazo. “Dependemos de tratativas com proprietários, problemas ambientais, porque tem muitas araucárias, áreas alagadas e valos de água”. Os vereadores decidiram marcar uma reunião para o dia 24 de março com moradores do bairro e representantes do Executivo Municipal. “O objetivo é definir prazos e soluções concretas para os problemas que existem no loteamento”, explicou o presidente João Paulo de Macedo Viana.

Pedidos aprovados

Dois pedidos foram votados e aprovados. A indicação 001/2020 sugere a criação de um Conselho Municipal dos Recursos Hídricos. “Com a falta de água recente, muitas pessoas surgiram com ideias e até mesmo soluções de curto prazo. O mais importante é que o conselho faça o planejamento de como vamos tratar a água no município, fazer uma agenda a longo prazo. Pensar de maneira sustentável, aproveitar os recursos que a natureza nos dá”, explicou o vereador João Paulo de Macedo Viana. A indicação foi encaminhada em conjunto dele com o vereador Cláudio Antônio Gottschalk e Rafael Nienow Lüdke. O pedido de providências 002/2020 também foi aprovado. Encaminhado pelo vereador Jerônimo Stahl Pinto, solicita melhorias e manutenção da praça da rua Antônio Shoeler, na localidade de Linha Imperial. “Ao longo das últimas administrações foram feitas melhorias na praça, as podas dos pinheiros e a construção do abrigo de parada de ônibus. Mas precisa de mais manutenção de roçadas, podas, questão dos brinquedos para que sejam feitas substituições”, explicou Jerônimo.

Fonte: Câmara de Vereadores de Nova Petrópolis